• IPDAL

3º AFRICA XXI

O IPDAL organizou, no dia 22 de novembro, a 3ª edição do África XXI, a principal conferência a pensar o continente africano em Portugal.


As intervenções de relevantes organizações internacionais, do governo português, fundações, think tanks e líderes do setor privado, permitiram debater as principais questões que se apresentam ao continente, em particular na área da insegurança alimentar como resultado da invasão da Ucrânia, e como a cooperação bi-regional pode contribuir para a resolução destes desafios.



A abertura dos trabalhos foi realizada pelo presidente do IPDAL, pela Reitora da Universidade Europeia, Hélia Gonçalves Pereira, e pelo Diretor para Espanha, Portugal e Itália da Fundação Friedrich Naumann, David Henneberger. O Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação de Portugal, Francisco André, discursou no encerramento do evento sobre a necessidade de Portugal manter uma parceria sólida com África, voltada para o futuro.



O Secretário-Geral da Organização dos Estados de África, Caraíbas e Pacífico (OEACP), Embaixador Georges Chikoti, ofereceu um keynote speech sobre os desafios atuais do multilateralismo nas regiões que representa.


Seguiu-se um painel sobre a ameaça de insegurança alimentar como consequência da Guerra na Ucrânia, que contou com a participação da Embaixadora Josefa Sacko, Comissária para a Agricultura, Economia Rural e Economia Azul da União Africana, da Embaixadora Rita Laranjinha, Diretora-Geral para África do Serviço Europeu de Ação Externa, de Mohammed Mouline, Diretor-Geral do Institut Royal des Études Stratégiques (IRES), e de Damian Berger, co-fundador da empresa de consultoria especializada no Médio Oriente e Norte de África, Ishtar Analytics.



Foi ainda apresentado um relatório original do IPDAL sobre o estado atual das relações comerciais em África, elaborado pelo Assessor para África Daniel Mawonso Mendes, seguido por uma mesa-redonda de embaixadores, onde participaram os embaixadores de África do Sul, Angola, Egito, Marrocos e Senegal, que analisaram os pontos mencionados no estudo, relacionando-o com a respetiva realidade nacional.


A Conferência África XXI foi realizada pelo IPDAL, com o apoio da Fundação Friedrich Naumann, Universidade Europeia, IRES, Grupo Azevedos, Cunha Vaz & Associados, OEACP, e Embaixada do Reino de Marrocos em Portugal.

5 views0 comments

Recent Posts

See All