América Latina: Cinco Riscos e Uma Oportunidade

Updated: Apr 1



A CEPAL projeta cinco grandes riscos económicos para a região em 2021.


Ainda que as perspetivas económicas sejam mais encorajadoras para este ano, o nível de incerteza provocado pela pandemia continua alto.


De acordo com a Organização Mundial do Trabalho, o desemprego na América Latina poderá chegar aos 11,2% este ano, o que representa um retrocesso de cerca de dez anos, em apenas dez meses.


Contudo, a CEPAL prevê um crescimento do PIB regional de cerca de 3,7%, com uma recuperação mais lenta do emprego e da distribuição da riqueza gerada.


Assim, a CEPAL projetou uma oportunidade e cinco grandes riscos para 2021:

  1. A evolução da pandemia e a disponibilidade de vacinas: prevê-se que os efeitos da pandemia serão atenuados, especialmente na segunda metade de 2021, mas isso apenas acontecerá se o processo de vacinação na América Latina ocorrer dentro dos prazos definidos;

  2. Retirada prematura das medidas de política de estímulo monetário e fiscal: o corte precoce dos estímulos fiscais e medidas dos bancos centrais para a recuperação dos países poderá prejudicar o crescimento económico;

  3. Deterioração das condições económicas e financeiras mundiais: o crescimento estimado para a América Latina também depende das condições financeiras internacionais e, caso estas piorem, os países que aumentaram a sua dívida poderão enfrentar grandes problemas;

  4. Potencial queda dos preços dos produtos básicos: estima-se que haverá um aumento dos preços das commodities, mas, se tal não acontecer, os países da América Latina sofrerão um duro golpe que afetará as suas receitas e perspetivas de crescimento;

  5. Aumento das tensões sociais e geopolíticas: o aumento do desemprego, da pobreza e da desigualdade poderão intensificar as tensões sociais latentes nos países latino-americanos, bem como os conflitos geopolíticos, incluindo choques tecnológicos e comerciais entre as grandes potências, nomeadamente a China e os Estados Unidos, que são dos principais parceiros comerciais e investidores na região.

  6. Uma oportunidade: com esta crise, surge a oportunidade de ir em direção a um desenvolvimento mais sustentável e inclusivo; o que o Mundo viveu em 2020 deve ser uma lição para superar os grandes desafios estruturais da região e, segundo a CEPAL, os governos deveriam preparar já medidas para reativar a economia no curto e no longo prazo.

Fonte: BBC News Mundo | https://www.bbc.com/mundo/noticias-55470982

Fotografia: https://unsplash.com/photos/snCOPWNPMSA

26 views0 comments